Buscar
  • Jamile Dertkigil

Nós e a escola do século 21

Atualizado: 11 de Mai de 2019


Pensando sobre o futuro da educação, me ocorreu:

Será que estamos preparados, para que os nossos filhos sejam quem realmente querem ser?

Quanto nós pais, queremos controlar nossos filhos para que sejam aquilo, que pensamos ser o melhor para eles?

Nem mesmo querendo controlar, conseguimos dar suporte e desenvolver competências para que possam se defender e se realizar, enquanto pessoas.

Na última edição do evento “Transformar”, várias foram as falas de profissionais do mercado interno e externo, a respeito do protagonismo do estudante em relação ao seu próprio aprendizado. E a troca de experiências surpreendeu a todos.

Nos provocam perguntando: “Nós estamos preparados para a mudança, e vocês ?”

Será que estão, mesmo? Nós pais, não estamos. E eles?

Fico achando que não. Todos queremos outras coisas, mas não largamos daquilo que já conhecemos e que um dia já foi quebra de paradigma.

Por exemplo, numa família onde nenhuma geração anterior fez o curso universitário, quem conseguiu , já cumpriu com a mudança. Mas, sem perceber estacionamos nesse ponto, achando que já fizemos o dever de casa! 

Ao contrário do exemplo acima, a família onde todas as últimas gerações foram de “estudados” universitários, não se concebe com muita compreensão, o jovem que não quer fazer faculdade, mas quer empreender. Fazer cursos rápidos, viajar, .... isso tem outros nomes bem menos inspiradores.

As necessidades são tão individuais e a gente sempre generalizando. Colocando tudo numa caixinha, pra nada ficar sem resposta, sem dúvida...apostar no futuro tem seu preço, inovar traz expectativas, ser criativo pode dar margem para vários pequenos rótulos.

Temos que estar abertos a experimentar maneiras diferentes de viver. Esse é o grande desafio da inovação pessoal. Não rótulo. Não caixinha. Não autopiedade. Cada um segue sua bússola e a autorresponsabilidade te acompanha, assim como um amuleto. A certeza que tudo pode dar certo ou errado, mas cabe a nós, escrever a nossa parte.

Continue lendo se quiser saber mais sobre o conteúdo do Transformar 2017. Caso contrário, vá para o final.


Um pouco do que aconteceu no  evento Transformar 2017.

A fala dos estudantes, deixou claro que os jovens querem mais do que uma infraestrutura melhor.Desejam um ensino conectado com o mundo no século 21, atividades práticas, interação com a comunidade e participação nas instâncias de decisão da escola. O modelo de escola atual abriga relatos como carência de laboratórios e acesso a tecnologia, escolas mais parecidas com prisões.Porém a realidade pode ser ainda pior, em cidades menores e afastadas dos centros urbanos.

Helen Walsh e Rachel Weiss, do Seattle Public School Disctricts (EUA), falaram sobre a prática de um programa que promove o autoconhecimento do estudante, com intervenções personalizadas dos professores, para ajudá-los a lidar e entender suas emoções.

No Rio, Willman Costa usa os conhecimentos dos próprios alunos para mudar as avaliações, que ganham letras de funk, e também promove sessões de aconselhamento para alertar jovens para os riscos das drogas. “A gente não está preocupado com o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), mas em formar cidadãos. Sempre digo que o gênio que não sabe lidar com as pessoas ficará desempregado”. Como resultado de seu trabalho, a escola registra evasão zero e tem mais da metade dos alunos ingressando em universidades públicas.

Envolver alunos em atividades práticas também é a filosofia da High Tech High, rede de escolas charter (públicas com administração privada) localizada na Califórnia (EUA). Tim McNamara, diretor da unidade de Chula Vista, e responsável por criar projetos de curso em esquetes teatrais, jornalismo, tradução de poesia e design de jogos, trouxe a mensagem para inspirar aqueles que ainda estão dando os primeiros passos na metodologia de projeto.“Sempre que você puder deixar o aluno assumir a liderança, deixe!”(Tim McNamara)

Da Green School, escola localizada em Bali, na Indonésia, a professora de inglês, dramaturgia e yoga Nicola Unite, trouxe o recado de que uma educação sustentável é aquela que alimenta a consciência interior. “Educar para a sustentabilidade precisa de um modelo que analisa o aluno de forma integral”, ressaltou Nicola. O diretor Valnei Alexandre, do Colégio Estadual Erich Walter Heine, no Rio de Janeiro (RJ), falou sobre a primeira escola da América Latina a receber “selo verde”.

Nicholas Kim, diretor executivo da unidade Tahoma da rede de escolas charter Summit Public Schools, disse : “Se a gente der autonomia para as pessoas atingirem suas metas, coisas incríveis vão acontecer”, olhando para o aluno como a solução e não como um problema.

Acreditar nos alunos é a recomendação de Michael de Souza, diretor da escola de design Leadership Public Schools, na Califórnia, para que eles sejam bem sucedidos. “Nenhuma inovação funciona se não acreditarmos que todas as crianças são maravilhosas e capazes de qualquer coisa”.

Jill Lizier, professora da Swasey Central School, no estado de New Hampshire, que participou do painel “Prêmios, brincadeiras, portfólios: novas formas de avaliar a aprendizagem”, acredita que é preciso conectar os aprendizados com a vida real. Ela mostrou como criou avaliações significativas, nas quais apresenta desafios com propósito para estudantes demonstrarem suas competências cognitivas e socioemocionais.


Você está preparado para mudar de ideia?

Que outra educação, você pensa ser boa para os filhos desta Pátria? Quanto você conhece seu filho? Quanto você o apoia verdadeiramente? Quanto se envolve com a escola dele?

Esse assunto, toca a todos nós. São os futuros profissionais deste país, aqueles que farão a mudança

Reveja suas crenças e quebre seus paradigmas.

O que você quer pra você, pode não ser o que seu filho quer pra ele.

Você se tornou aquilo que um dia desejou para sí?

O despreparo dos pais é igualmente o despreparo dos filhos. Somos espelhos de gerações diferentes.

0 visualização
Jamile Dertkigil - coach
  • Facebook
  • Instagram

      11 99105 2054

CONTATO

desenvolvido pelo studiocoruja.com

Nome *

Email *

Assunto

Mensagem